04 março 2010

Desafiando

.
Eu estava lá, no mesmo banco de praça, na mesma hora de sempre, observando as pessoas que passavam por mim. Algumas até me cumprimentavam com um sorriso e outras nem notavam minha presença.
Mas eu continuava lá, observando o sol, os pássaros comendo os farelos de biscoito que caiam das mãos da criança.
Foi então que olhei para frente e vi você do outro lado da praça, me fitando fixamente. Tentei disfarçar que percebi, mas foi uma tentativa inútil.
Você se levantou e veio caminhando até mim. Meu coração acelerou, prestes a saltar peito afora, minha respiração começou a falhar, minhas mãos estavam suando frio e eu tentei não me entregar primeiro.
Quando você parou à minha frente e olhou dentro dos meus olhos, já não tinha como desviar o olhar, era como se você me hipnotizasse. E com um sorriso celestial naqueles lábios lindos, me estendeu a mão para me entregar um lírio.
O coração pifou. Descobri que você, assim como eu, gostava de desafios. E foi assim que me entregou o lírio, dizendo:
- Te desafio a me amar!

****

6 comentários:

E.Suruba disse...

como fala aqui em maceió: xamo na xinxa

Daniela disse...

Liindoo! Voeei meesmo nesse texto *-* adoreei =D
bjuuss

Ludmila Roumillac disse...

Esses desafios sào deliciosos

Poly_andra disse...

cara que liiiindo!
amei amei amei.
*---*

bjos fofa

The Jackson disse...

Oii primeira vez aquii... vim te desejar beijos ;* ate + amada

The Jackson disse...

Oii, primeira vez aquii e vim te desejar beijos ;* ate +