30 julho 2010

Cantinho da solidão

.Como se sentir só em meio a tantas e tantas pessoas? Acho que este é o mais angustiado dos sentimentos, a solidão. Pessoas não se importam com o que acontece com você ou quando se importam sempre querem tirar vantagem disso. Como sempre digo, há excessões. Nem todo mundo tira vantagem da tristeza/angústia do outro. Mas parece que elas são pequenas comparadas ao tanto de gente que lhe ignoram.
Isso vai passar, sabemos, já aconteceu antes. O que sabemos é que os dias ruins ainda não acabaram, esperamos pelos melhores com o coração apertado.
O choro fica preso à garganta, esperando ter um lugar sossegado para se expressar junto à você. Sua aparência não é a mais agradável, seu sorriso foi embora e não deixou recado de quando voltar.
O humor? o que é isso? Nessas horas esquecemos.
Isso vai passar, sabemos, sempre acontece. Esperamos ansiosos por esse dia.

Keel

8 comentários:

Bárbara Fróis disse...

A solidão é sim um dos mais angustiantes sentimentos! Adorei. Bejos

Iara disse...

oiii, obg pela visita e volte sempre que quiser!
é realmente a solidão é angustiante.. :D

Poly_andra disse...

solidão angustia demais,
mas ao menos aprendemos alguma lição dessas coisas.

Daniela disse...

A verdade é que, por mais que demore, tudo SEMPRE passa!

beijos

Daiiiiiia disse...

Ah, seu layout está lindo e o que vc escreveu tb!

Qto tempo!
bjoo keel

Nand's disse...

Gostei da foto, tudo a ver com o texto, eu ia pegar pro poema que eu fiz, mas não combina com o meu, o meu é muito mais preto e branco :P hahaha parabens!

Matheus Araujo disse...

O legal é que o texto não é seu...Não tenha vergonha de dizer que estas não são suas palavras , nao tem nada de errado nisso poxa.

Déia disse...

Olá Kell,

Parabéns!!! Lindo Texto. É... É engraçado como a sua solidão aí... é a mesma que a minha, aqui.

"O choro fica preso à garganta, esperando ter um lugar sossegado para se expressar junto à você. Sua aparência não é a mais agradável, seu sorriso foi embora e não deixou recado de quando voltar."

Palavras que poderiam ser minhas, tão afins com os meus sentimentos estão. Uma dor no fundo da gente, a comida que não quer descer, goela seca, olhos caídos, unhas descascadas e roídas... Esquecemos quem somos e desejamos partir para um outro lugar,longe daquela mágoa, da faca apertando o peito. Um lugar onde possamos ser felizes, de novo.
Mais uma vez, parabéns. Amei!

Déia Reis